HCP Gestão
Blog

Palestra lembra importância da Ficha de Notificação Compulsória em casos de Violência contra a Mulher

 

 

O Hospital da Mulher do Recife promoveu, nesta quinta-feira (10), o encerramento da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Na ocasião, foi realizada a palestra Responsabilidade dos Profissionais de Saúde sobre a Notificação dos casos de Violência contra a Mulher, ministrada pelas psicólogas Eliane Lima e Patrícia Guedes. A abertura foi conduzida por Dra. Cinthia Komuro, diretora técnica do HMR. “A notificação precisa dos casos  possibilita a atuação efetiva na prevenção e proteção dessas mulheres”, ressaltou.


O encontro reuniu, no auditório Luiz Carlos Santos, profissionais de saúde do HMR e de outras unidades vinculadas ao HCP Gestão. Durante a palestra, as psicólogas informaram que é preciso preencher a ficha não somente nos casos de violência comprovada, mas também, em situações em que o profissional de saúde suspeita que tenha ocorrido violência, sobretudo, quando se trata de crianças e adolescentes. Ambas as palestrantes, Eliane e Patrícia, atuam no Centro de Atenção à Mulher Vitima de Violência – Sony Santos. O serviço funciona no HMR.


Ainda sobre a ficha de notificação compulsória, as psicólogas lembraram que esse é um documento padrão do Ministério da Saúde e de preenchimento obrigatório tanto para o serviço público como para o privado. “Essa capacitação é importante porque os atendimentos de casos de violência nem sempre são feitos nos serviços de referência. Por isso, todo profissional de saúde deve estar habilitado a fazer essa notificação, que não tem efeito de polícia, mas é fundamental para a definição de estratégias de combate e prevenção e ações de intervenção”, resumiu Patrícia Guedes.


Unidade da Prefeitura do Recife, o Hospital da Mulher está sob administração do HCP Gestão, organização social de saúde do Hospital de Câncer de Pernambuco.