HCP Gestão
Blog

Novembro Roxo no HMR conscientiza pais e profissionais sobre fatores de risco e humanização com bebês prematuros

 
Em alusão ao Novembro Roxo, mês ligado à prematuridade, o Hospital da Mulher do Recife (HMR) promoveu nesta terça-feira (17), Dia Mundial da Prematuridade, diversas ações acerca da prevenção e reflexão sobre a humanização demandada para esse tipo de atendimento médico. A equipe multidisciplinar da UTI, UCI neonatal e UTI Canguru reuniu um grupo de mães, pais e seus bebês para um momento de informação e descontração. “Não é data comemorativa, é tempo de reflexão quanto à frequência e importância dos cuidados com a prematuridade. Hoje podemos repensar quais medidas podemos adotar para reduzir ou atenuar as suas complicações. O vínculo entre equipe de saúde, paciente, pais e familiares são de extrema importância para um bom resultado para o neném”, ressaltou a diretora geral do HMR, Dra Isabela Coutinho.

Na ocasião, a coordenadora da Unidade NEO, Dra Tereza Carvalho, apresentou dados do setor e atentou para os altos índices de bebês prematuros. “Cerca de 70% do total de bebês admitidos aqui na UTI e UCI NEO são prematuros. Nosso país ocupa a 10º posição no ranking mundial. É um número alto, precisamos dessa conscientização sobre o cuidado que o prematuro precisa e o tempo da recuperação”, pontuou ela. 

A programação contou também com uma apresentação musical com a finalidade de proporcionar um momento de alegria às mães e acompanhantes internados na unidade.  A campanha de sensibilização à prematuridade ilustrou as estampas das roupas dos bebês. Cada prematuro ganhou um body roxo confeccionado com carinho pelo setor de hotelaria, e proporcionou um diferencial ao evento. O evento foi promovido e organizado pela  coordenadora de enfermagem da unidade neonatal Maria Cicilia, a coordenadora da Fisioterapia, Gabriela Menezes, a coordenadora médica da unidade neonatal, Tereza Carvalho e a enfermeira da unidade neonatal, Erilane Fonseca.

Unidade da Prefeitura do Recife, o Hospital da Mulher está sob administração do HCP Gestão, organização social de saúde do Hospital de Câncer de Pernambuco.