HCP Gestão
Blog

Hospital da Mulher do Recife reabre Enfermaria de Gestação de Alto Risco

O espaço funcionou por quase seis meses como UTI Covid


Na próxima terça-feira (13), o Hospital da Mulher do Recife, no Curado, reabre a Enfermaria de Gestação de Alto Risco e de Cirurgias Ginecológicas. A área, que fica no 2º andar da unidade, havia sido desativada para dar lugar a uma UTI voltada aos pacientes com suspeita ou confirmação do novo coronavírus.


“Cumprimos com competência e dedicação nossa missão no atendimento da Covid 19 e agora, com a mesma determinação, retomamos os serviços nessa Enfermaria especializada”, enfatiza a diretora geral do HMR, Isabela Coutinho. O setor tem 42 leitos, sendo 21 voltados à Gestação de Alto Risco, ou seja, se destinam a mulheres em tratamento clínico no curso da gravidez. Outros 21 leitos são para mulheres da cirurgia ginecológica.


Durante quase seis meses, do final de março ao final de setembro, o segundo andar do Hospital passou a funcionar como UTI Covid. Ao todo, o HMR chegou a ter 208 leitos voltados exclusivamente para pacientes com o novo coronavírus. Eram duas Enfermarias e duas UTIs. As Enfermarias externas (tendas provisórias) tinham 30 leitos cada, totalizando 120 leitos e a interna 34. A UTI Covid 1, no primeiro andar, contava com 12 leitos. Já a UTI Covid 2, no 2º andar, contabilizava 42 leitos e foi a última ala Covid do Hospital a ser desativada.


O último paciente saiu em 29 de setembro passado e, nos dias seguintes, teve início trabalho de desinfecção do local. Em seguida, começou a reorganização e reestruturação do espaço. A Enfermaria de Gestação de Alto Risco e de Cirurgias Ginecológicas do HMR, recebe pacientes encaminhadas via regulação municipal e estadual.


Unidade da Prefeitura do Recife, o Hospital da Mulher está sob administração do HCP Gestão, organização social de saúde do Hospital de Câncer de Pernambuco.